Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
/ governosp

O modernismo e a arquitetura

19 DE abril DE 2022
Crédito: Marcelo Dacosta

Os novos ares trazidos pela Semana de Arte Moderna de 1922 não impactaram apenas a literatura, a música e a pintura. A arquitetura brasileira clássica da época também passou por um processo de repaginação nas mãos de arquitetos modernistas, como Gregori Warchavchik, Lúcio Costa, Le Corbusier, Lina Bo Bardi, Oscar Niemeyer, entre outros. A oficina Moderno por acaso? Literatura e Arquitetura, ministrada na BVL nos dias 5, 13, 19 e 26 de abril, pelo arquiteto, professor e escritor Humberto Pio, tem como objetivo destacar os pontos de conexão entre a literatura produzida pelos modernistas e o novo estilo arquitetônico que nascia naquele momento.

 

Promovendo um passeio pelas construções da São Paulo de 1920, em especial pelos locais frequentados pelos artistas do movimento, como o Hotel Esplanada e a Villa Kyrial, residência do intelectual José de Freitas Vale, o professor apresenta o processo de ruptura dos projetos tipicamente coloniais, inspirados na arquitetura francesa, e a busca por uma identidade nacional também nos edifícios, museus, teatros e casas brasileiras. “Pouco se fala sobre a arquitetura na Semana de Arte Moderna. Por isso, nomes como Antônio Garcia Moya, que apresentou 18 trabalhos no evento, e Georg Przyrembel são pouco conhecidos por aqui”, diz Humberto Pio.

 

Os textos literários da época também revelam aspectos importantes da arquitetura da cidade. Por isso, a proposta das aulas é traçar um paralelo com as obras de alguns autores, como Mário de Andrade, Joaquim Cardozo, João Cabral de Melo Neto, Oswald de Andrade e Manuel Bandeira. No último encontro, os participantes são convidados a apresentar um texto (poema, crônica, conto, ensaio etc.) inspirado nas temáticas abordadas durante as aulas on-line. A oficina faz parte do projeto Literatura Brasileira no XXI, realizado em parceria com a Unifesp.

Cadastre-se e receba nossa newsletter

Política de Privacidade

Este site é mantido e operado pela Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL).

Nós coletamos e utilizamos alguns dados pessoais que pertencem àqueles que utilizam nosso site. Ao fazê-lo, agimos na qualidade de controlador desses dados e estamos sujeitos às disposições da Lei Federal n. 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD).

Cookies
Cookies são pequenos arquivos de texto baixados automaticamente em seu dispositivo quando você acessa e navega por um site. Eles servem, basicamente, para que seja possível identificar dispositivos, atividades e preferências de usuários, otimizando a experiência no site. Os cookies não permitem que qualquer arquivo ou informação sejam extraídos do disco rígido do usuário, não sendo possível, ainda, que, por meio deles, se tenha acesso a informações pessoais que não tenham partido do usuário ou da forma como utiliza os recursos do site.

a. Cookies de terceiros
Alguns de nossos parceiros podem configurar cookies nos dispositivos dos usuários que acessam nosso site.
Estes cookies, em geral, visam possibilitar que nossos parceiros possam oferecer seu conteúdo e seus serviços ao usuário que acessa nosso site de forma personalizada, por meio da obtenção de dados de navegação extraídos a partir de sua interação com o site.
O usuário poderá obter mais informações sobre os cookies de terceiros e sobre a forma como os dados obtidos a partir dele são tratados, além de ter acesso à descrição dos cookies utilizados e de suas características, acessando o seguinte link:
https://developers.google.com/analytics/devguides/collection/analyticsjs/cookie-usage?hl=pt-br
https://policies.google.com/privacy?hl=pt-BR
As entidades encarregadas da coleta dos cookies poderão ceder as informações obtidas a terceiros.

b. Gestão de cookies
O usuário poderá se opor ao registro de cookies pelo site, bastando que desative esta opção no seu próprio navegador. Mais informações sobre como fazer isso em alguns dos principais navegadores utilizados hoje podem ser acessadas a partir dos seguintes links:
Internet Explorer:
https://support.microsoft.com/pt-br/help/17442/windows-internet-explorer-delete-manage-cookies

Safari:
https://support.apple.com/pt-br/guide/safari/sfri11471/mac

Google Chrome:
https://support.google.com/chrome/answer/95647?hl=pt-BR&hlrm=pt

Mozila Firefox:
https://support.mozilla.org/pt-BR/kb/ative-e-desative-os-cookies-que-os-sites-usam

Opera:
https://www.opera.com/help/tutorials/security/privacy/

A desativação dos cookies, no entanto, pode afetar a disponibilidade de algumas ferramentas e funcionalidades do site, comprometendo seu correto e esperado funcionamento. Outra consequência possível é remoção das preferências do usuário que eventualmente tiverem sido salvas, prejudicando sua experiência.