/ governosp

Sexta-feira com muitas histórias

0

Nesta sexta-feira, 25 de setembro, a BVL promoveu a Hora do Conto, que teve a presença de mais de 100 crianças de uma escola da região, e o Clube de Leitura, que discutiu a obra Persépolis, de Marjane Satrapi.

A Hora do Conto apresentou o texto Amanhecer Esmeralda, de Ferréz, que conta a história de uma menina negra chamada Manhã que não aceita a sua forma de beleza. O texto é uma espécie de conto de fadas moderno, mas que no lugar de um sapatinho de cristal, esta gata borralheira ganha de presente um vestido esmeralda. E sua vida muda para sempre.

A coordenadora pedagógica Luciana Anselmo adorou a visita e disse que “a equipe de atendimento foi muita atenciosa e organizada”. Já o pequeno Guilhermo, 5 anos, adorou a contação de histórias e afirmou que  “a biblioteca é muito legal e que a história fala para gente ter mais educação”.

Já o Clube de Leitura falou sobre a obra da franco-iraniana Marjane Satrapi, que em forma de quadrinhos contou a sua saída do Irã, após a revolução que derrubou o Xá Reza Pahlevi e colocou no poder um governo com linhas mais repressoras. O livro também coloca em xeque a intersecção entre governo e religião, uma discussão que ainda é atual. A transição da autora em busca de liberdade é tratada com um humor ácido, analisando as diferenças entre oriente e ocidente. O livro inspirou o filme homônimo, que também foi dirigido e roteirizada pela autora.

Para Olivia Martins, a discussão serviu para mostrar que o oriente também é diverso e fragmentado. “Adorei a obra e estou começando a ler quadrinhos agora. O que eu mais gosto na vida é ler e estou me preparando para buscar uma colocação que trabalhe essas habilidades”, disse.

O próximo livro a ser discutido no Clube de Leitura de outubro é O sol é para todos, livro de Harper Lee que analisa o preconceito racial nos Estados Unidos.

Confira fotos das duas atividades:

 

Compartilhe

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras