Sarau As Mina Tudo traz a força da energia feminina para o deck

0
Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

A energia feminina tomou conta do deck da biblioteca no Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, domingo, com o Sarau As Mina Tudo. Até o temporal, que caiu durante a tarde, contribuiu com a trilha sonora da atividade, que reuniu uma animada e participativa plateia. O empoderamento feminino, o enfrentamento de todos os tipos de preconceitos e a violência contra as mulheres foram alguns dos temas abordados ao microfone, por convidadas do sarau e frequentadores da BVL.

Evellyn trouxe Samara e Gustavo para acompanharem, logo na primeira fila, a performance que preparou. Nos versos que leu no celular, ela pediu respeito às mulheres, partindo da história de Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mau, salientando que saia curta não é um convite ao abuso.

Com Kimani como curadora convidada, o encontro contou com as participações de Gih Trajano, Thata Alves, Anaya e Midria. Caio, o único homem a se apresentar no sarau, falou de amor e desamor em uma canção apresentada à capela. Carolina Maria e Anaya também encheram o deck de música, com letras que ressaltam as paixões e a força feminina. Isto sem falar na abertura por conta de Rhaissa Bittar e seu violão.

O encontro, que teve como um dos pontos altos a improvisação de Gih Trajano reunindo temas sugeridos pela plateia, foi encerrado com muitos aplausos e uma selfie bem divertida. Confira a galeria de imagens:

 

 

 

 

Compartilhe

Deixe um Comentário