Provos – Amsterdam e o nascimento da contracultura (Matteo Guarnaccia)

0

capa_provos_amsterda_nascimento_contraculturaO movimento Provos surgiu em Amsterdã no início dos anos 1960 e marcou o início mundial da chamada Contracultura. Sua mistura de dadaísmo e anarco- comunismo, suas manifestações cheias de humor e seu sarcasmo contra as autoridades inauguraram novos formatos de ação política e, principalmente, de luta ecológica, dando nova dimensão à ideia de desobediência civil. Os provos tiveram impacto decisivo nos acontecimentos dos anos 60, inspirando tanto o movimento hippie quanto os manifestantes de 1968. E transformaram Amsterdam na meca da juventude mundial. O livro é ilustrado com fotos da época e desenhos de Willem, um dos fundadores do Charlie Hebdo.

Compartilhe

Deixe um Comentário