Inscreva-se já para a oficina de poesia com Luiza Romão e Daniel Minchoni

0
Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Por meio de exercícios e provocações literárias, o participante vai traçar um caminho da criação de poemas até as possibilidades de diagramação e confecção de zines, plaquetes e cartonerias. Dias 7 e 8 de dezembro, das 14h às 18h. Com Daniel Minchoni e Luiza Romão. Com carga horária de 8 horas, a oficina é indicada para pessoas a partir de 14 anos. Inscrições pelo link www.bvl.org.br/inscricao .

Quer saber mais? A atividade foi realizada recentemente na Biblioteca de São Paulo e você confere detalhes em https://bsp.org.br/2019/10/28/oficina-de-poesia-reune-processos-de-criacao-e-publicacao-independente/ .

Quem são Daniel Minchoni e Luiza Romão?

Daniel Minchoni é um artista da fala. poeta performático estuda a oralidade tem larga experiência com experimentos poéticos e intervenções urbanas com poesia, desde 1998 em Natal pesquisa este campo em saraus da cidade onde fundou o Poesia Esporte Clube em 2001, o selo literário Jovens Escribas com amigos em 2004 e influenciou a criação do grupo Iapois Poesia, composto por jovens de 12 à 20 anos. Em São Paulo desde 2006, fundou o Sarau do burro, o Selo doburro, o Cabaret revoltaire, O menor slam do mundo e o Rachão poético, eventos abertos para experimentação poética e pra performances. Daniel é idealizador do Phala’cia – núchleo phermanente de expherimentação em pherphormance e phalaphoética.

Daniel Minchoni. Foto: Sérgio Silva.

Daniel Minchoni. Foto: Sérgio Silva.

Luiza Romão é formada em Artes Cênicas na Universidade de São Paulo (USP/SP), com habilitação em Direção Teatral e na Escola de Artes Dramáticas da Universidade de São Paulo (EAD/USP). É poeta e slamer (campeã de batalhas de poesia). Publicou o livro “Coquetel Motolove” (2014), pelo Selo do burro, e o livro “Sangria” (017). Além disso, teve poemas publicados em diversas coletâneas digitais e impressas. Em 2014, foi vice-campeã nacional no Slam BR. Já participou de eventos nacionais de literatura, como Balada Literária, FELIS (Feira Literária da Zona Sul), FestiPOA, Feira do Livro de Ribeirão Preto, Estética das Periferias e Autores em Cena (Itaú Cultural). Produziu mais de 20 videopoemas, com grande alcance nacional (veiculação televisiva e por internet), incluindo a série Revide. O projeto multiartístico Sangria circulou por diversos Estados brasileiros e países latino-americanos (Uruguai, Argentina, Costa Rica, México, Cuba, Caribe).

Luiza Romão. Foto: Sérgio Silva.

Luiza Romão. Foto: Sérgio Silva.

Compartilhe

Deixe um Comentário