/ governosp

Experiências da BVL e da BSP são relatadas em livro

0
Reprodução

Os autores de “Living Libraries” e a capa do livro

Atualização: Quem não conseguiu acompanhar a live com o organizador e os autores do livro “Living Libraries” tem a oportunidade de conferir o vídeo e conhecer o conteúdo em: https://www.bibliotheekutrecht.nl/living-libraries.html.

Em um evento online, a Biblioteca Pública de Utrecht lançou nesta quarta, 27, o livro “Living Libraries: The House of the Community Around the World” (Bibliotecas Vivas: O Lar da Comunidade ao Redor do Mundo).

Trata-se, segundo Pierre André Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras, de um livro sobre experiências significativas e inovadoras em bibliotecas – especialmente bibliotecas públicas – de todo o mundo.

Reprodução

Imagem da live de lançamento do livro “Living Libraries”

“O capítulo sobre a América Latina foi escrito pelo especialista chileno Gonzalo Oyarzún, e tem cinco páginas sobre as nossas Biblioteca de São Paulo e Biblioteca Parque Villa-Lobos”, disse ele.

Na apresentação online, que teve a presença de Ton van Vlimmeren, organizador do livro e ex-diretor da Biblioteca de Utrecht, Oyarzún falou sobre a experiência da criação da BSP e da BVL em São Paulo. “As bibliotecas foram construídas em locais que antes eram muito degradados e hoje são grandes espaços que servem às comunidades nos entornos”, disse ele.

A versão digital do livro em inglês está disponível (nos formatos pdf e ePub) no site da biblioteca holandesa.

Compartilhe

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC