Em março, Biblioteca Parque Villa-Lobos oferece curso de yoga, sarau, bate-papo literário e oficina de ovos de chocolate

0

Com a chegada da Páscoa , a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo,  oferece a Oficina Faça & Venda – Ovos de Páscoa, no dia 12 de março (domingo), às 10h00, em parceria com a Chocolândia e Harald Chocolates. Indicada para pessoas a partir de 25 anos, a atividade ensina a fazer diversos ovos de chocolate e a recheá-los com bombons. A oficina aborda o passo a passo da produção e comercialização do produto.

Já para quem deseja relaxar, a atividade Compartilhando Saberes: Yoga, com aulas práticas de Hatha Yoga, reflete sobre qualidade de vida e bem-estar, sempre às quintas-feiras de março, das 16h30 às 17h30. Os participantes aprenderão posturas e técnicas simples, que podem ser praticadas por todos, focando na concentração, respiração e relaxamento. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada.

A BVL terá apresentações de histórias de tradição oral com o  Sarau de Contação de Histórias, no dia 18 (sábado), às 14h00. O objetivo é disseminar a potencialidade dessas narrativas para conectar e aproximar pessoas. Atividade é uma parceria da Associação Arte e Despertar.

No dia 24 (sexta-feira), às 15h00, o Clube de Leitura debate o livro Quarenta dias, de Maria Valéria Rezende. A autora ganhou o Prêmio Jabuti em 2009 na categoria literatura infantil com No risco do caracol; em 2013, categoria juvenil, com Ouro dentro da cabeça e em 2015 nas categorias romance e Livro do Ano de Ficção, com Quarenta dias. Em janeiro de 2017, recebeu o Prémio Casa de las Américas por Outros cantos.  Além disso, no mês de março, serão realizadas atividades para discutir o universo do livro e da literatura, com leitura de trechos de novos e consagrados autores.

Já no domingo, 26, às 15h00, o espaço realiza o Bate-Papo Literário: Diversidade na Literatura Nacional. O objetivo é trocar ideias, conhecer novos autores e discutir sobre obras que fogem do senso comum. Durante o encontro haverá sorteio de brindes e apresentação de lançamentos. A organização é de Thiago Assoni, autor dos livros Crazy Mary (2012) e Bolhas de sabão (2016).

No dia 11 (sábado), às 11h00, a BVL realiza a primeira edição do ano do Segundas Intenções. O escritor, dramaturgo e roteirista Fernando Bonassi falará com o público sobre o seu trabalho, que transita entre a literatura e o audiovisual. Bonassi realizou filmes como Cazuza (2004) e Carandiru (2007), além de seriados para a TV Globo, como Força tarefa e O caçador. Seu primeiro romance, Um céu de estrelas, é de 1991, e sua estreia como autor de literatura infantil e juvenil foi em 1995, com Tá louco!. Em 1994, lançou o romance Subúrbio, seu grande sucesso. A mediação do encontro é do jornalista Manuel da Costa Pinto. Para essa atividade não é necessária a inscrição prévia e a biblioteca emite uma declaração de atividades complementares para estudantes universitários.

Para fechar a programação, a Cia. Lúdicos de Teatro Popular apresenta o Ciranda Do Villa – Homenagem ao maestro e compositor Heitor Villa-Lobos, no dia 5 (domingo), às 16h00. Revelando a história do curioso Tuhu – apelido de infância de compositor – que deseja viajar com sua tia, mas seus pais o impedem, em função da pouca idade, e então em seu sonho parte para uma incessante busca para descobrir a música.

 

Inscrições abertas:

Em abril, a BVL promove a Oficina de Crônicas com Fabrício Corsaletti. A atividade acontece às quartas-feiras, entre os dias 5 a 26, às 14h30. Serão discutidas as principais características da crônica — comparando-a ao artigo de jornal, ao ensaio, ao poema em prosa e ao conto — e dos cronistas estudados — Rubem Braga, Vinicius de Moraes e Antonio Prata. As inscrições vão até o dia 24 de março. Corsaletti é natural de Santo Anastácio (SP) e é autor de Esquimó (2010) e Golpe de ar (2009). Atualmente, é colunista do jornal Folha de S. Paulo.

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL DE MARÇO

Dia 1º, quarta-feira.

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

Breve história de um pequeno amor, de Marina Colasanti.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

 

Dia 2, quinta-feira.

14h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso térreo.

 

Pescador de Marcéu

Dir. Pedro Moscalcoff, Brasil, 2012, 8 min. Classificação: livre.

Um pescador sem sorte não consegue fisgar nada além de lixo. De repente, um peixe colorido o leva para as profundezas do oceano, em uma viagem mágica por um mundo diferente e inesperado, com muitos outros pescadores e pelicanos.

 

Um caipira em Bariloche

Dir. Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi, Brasil, 1973, 100 min. Idioma: português. Gênero: comédia. Classificação: livre.
Elenco: Amácio Mazzaropi, Beatriz Bonnet, Ivan Mesquita, Carlos Valone, Edgar Franco, Geny Prado, Maria Luiza Robledo, Analu Gracie, Fausto Rocha Jr, Judith Barbosa, Claudio Roberto Mecchi.

Polidoro, um fazendeiro ingênuo cai na conversa do genro e vende suas terras para um vigarista que engana a todos, inclusive sua própria esposa. Por pura armação, os dois acabam indo parar em Bariloche. Em meio a confusões e gargalhadas na neve, o caipira começa a juntar os fatos e retorna às suas terras para desmascarar os vilões. Com locações na Argentina e em Taubaté, Mazzaropi interpreta um personagem rico, mas mantém as características de caipira.

 

16h às 17h – Luau BVL. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas.

Luau do Villa – Em comemoração aos 130 anos de nascimento do compositor Heitor Villa-Lobos.

A partir de 13 anos.

Com equipe BVL.

Local: deck infantil.

 

Dia 3, sexta-feira.

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

A maior flor do mundo, de José Saramago.

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

15h30 às 16h30 – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Jogo de argolas.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 4, sábado.

 

10h30 às 11h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

15h às 17h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados e também podem jogar.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Poemas para brincar, de José Paulo Paes.

Com a Cia. Rodamoinho.

Local: Oca.

 

Dia 5, domingo.

 

10h30 às 11h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

11h às 16h – Domingo no Parque. Programa permanente.

Espaço de leitura para toda a família com sessões de contação de histórias no Parque Villa-Lobos.

Com Lili Flor e Paulo Pixu.

Em caso de chuva, a atividade será realizada dentro da Biblioteca.

Local: Parque Villa-Lobos.

 

16h às 17h – Ciranda do Villa – Homenagem ao maestro e compositor Heitor Villa-Lobos.

A apresentação teatral começa quando o pequeno e curioso Tuhu – apelido de infância do compositor – recebe a visita de sua tia e com ela deseja viajar. Mas seus pais o impedem, em função da pouca idade. Triste, o menino adormece sobre sua viola e durante o seu sonho parte para uma incessante busca para descobrir a música.

Com a Cia. Lúdicos de Teatro Popular.

Local: Oca.

 

Dia 7, terça-feira.

 

16h30 às 17h30 – Jogos sensoriais. Programa permanente.

Jogos e brincadeiras que estimulam habilidades sensoriais e a memória de pessoas com e sem deficiência. A partir de 11 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 8, quarta-feira.

 

10h30 às 11h30 – Pintando o 7. Programa permanente.

Conheça algumas mulheres que fizeram história e faça pinturas de imagens que as representem.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

14h às 18h – Curso de Contação de histórias.

A ideia é trabalhar a potencialidade das narrativas de literatura oral como uma ferramenta de aproximação, comunicação e expressão.  O conteúdo programático abordará os vários tipos de histórias – como lendas, mitos, fábulas, história de origem, contos de fadas, entre outros -, a relação com a música, técnicas como interpretação, oralidade e improvisação, e o papel do contador de história ao longo da história universal.  Indicado para pessoas a partir de 16 anos (cursando o ensino médio).

Quartas-feiras, 1º, 8, 15 e 22 de fevereiro, 8 e 15 de março 14h às 18h. Carga horária: 24 horas.

Local: sala criatividade 3.

Realização: Associação Arte Despertar em Parceria com a Biblioteca Parque Villa-Lobos.

Inscrições encerradas.

 

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

Aquecimento Segundas Intenções: Subúrbio, de Fernando Bonassi.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 9, quinta-feira.

 

14h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso térreo.

 

Pescador de Marcéu

Dir. Pedro Moscalcoff, Brasil, 2012, 8 min. Classificação: livre.

Um pescador sem sorte não consegue fisgar nada além de lixo. De repente, um peixe colorido o leva para as profundezas do oceano, em uma viagem mágica por um mundo diferente e inesperado, com muitos outros pescadores e pelicanos.

 

Um caipira em Bariloche

Dir. Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi, Brasil, 1973, 100 min. Idioma: português. Gênero: comédia. Classificação: livre.
Elenco: Amácio Mazzaropi, Beatriz Bonnet, Ivan Mesquita, Carlos Valone, Edgar Franco, Geny Prado, Maria Luiza Robledo, Analu Gracie, Fausto Rocha Jr, Judith Barbosa, Claudio Roberto Mecchi.

Polidoro, um fazendeiro ingênuo cai na conversa do genro e vende suas terras para um vigarista que engana a todos, inclusive sua própria esposa. Por pura armação, os dois acabam indo parar em Bariloche. Em meio a confusões e gargalhadas na neve, o caipira começa a juntar os fatos e retorna às suas terras para desmascarar os vilões. Com locações na Argentina e em Taubaté, Mazzaropi interpreta um personagem rico, mas mantém as características de caipira.

 

16h às 17h – Luau BVL. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas.

Poesia engajada – O discurso feminino de empoderamento nas práticas poéticas.

A partir de 13 anos.

Com equipe BVL.

Local: deck infantil.

 

16h30 às 17h30 – Compartilhando Saberes: Yoga

Em ambiente aconchegante e inspirador você poderá desfrutar desta prática milenar, que promove o bem-estar e a melhora da qualidade de vida. As aulas de Hatha Yoga serão direcionadas com posturas e técnicas simples, que podem ser praticadas por qualquer pessoa, e contemplam o trabalho dinâmico do corpo (alongamento – fortalecimento muscular – equilíbrio), a concentração na respiração e o relaxamento.

Recomenda-se que os praticantes ingiram apenas alimentos leves antes da aula e usem roupas confortáveis.

Com Fabiana Weykamp.

Local: deck infantil.

 

Dia 10, sexta-feira.

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

A mesinha, o burro e o bastão encantado, dos Irmãos Grimm

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

15h30 às 16h30 – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Dança das cadeiras.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 11, sábado.

 

10h30 às 11h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

11h às 13h – Segundas Intenções. Programa permanente

Bate-papo com Fernando Bonassi.

Mediação: Manuel da Costa Pinto.

Local: Oca.

Declaração de atividades complementares para estudantes universitários.

 

15h às 17h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados e também podem jogar.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

15h às 17h – Exibição do making of do filme Era O Hotel Cambridge, seguido de debate com a diretora do filme.

O filme, dirigido por Eliane Caffé, narra a trajetória de refugiados recém-chegados ao Brasil que, juntos com trabalhadores sem-teto, ocupam um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Em meio à tensão diária da ameaça do despejo, revelam-se dramas, situações cômicas e diferentes visões de mundo. A preparação do projeto levou dois anos e foi gerido por um coletivo que permitiu transformar todo o edifício (que é zona de conflito real) no set criativo da filmagem.

Local: auditório.

É necessário retirar senhas com 30 minutos de antecedência.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

O equilibrista, de Fernanda Lopes de Almeida. Com interpretação em Libras.

Com Mirela Estelles e Amarilis Reto.

Local: Oca.

 

Dia 12, domingo.

 

10h às 12h – Oficina Faça & Venda – Ovos de Páscoa

A Páscoa está aí e essa é a sua chance de ganhar algum dinheiro. Aprenda a fazer os ovos de chocolate mais pedidos e a recheá-los com deliciosos bombons. A oficina aborda o passo a passo da produção até a precificação.

Realização: Chocolândia e Harald Chocolates.

Indicado para pessoas a partir de 25 anos.

Vagas limitadas. Inscrições: até 6 de março. Mandar e-mail para agenda@bvl.org.br ou dirigir-se ao balcão de atendimento da biblioteca.

 

10h30 às 11h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Divina Albertina, de Christine Davenier.

Com a Cia. Arte Negus.

Local: Oca.

 

Dia 14, terça-feira.

 

16h30 às 17h30 – Jogos sensoriais. Programa permanente.

Jogos e brincadeiras que estimulam habilidades sensoriais e a memória de pessoas com e sem deficiência. A partir de 11 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 15, quarta-feira.

 

10h30 às 11h30 – Pintando o 7. Programa permanente.

Crie árvores a partir de moldes.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

Poesia brasileira: romantismo: antologia, organizado por Antônio Carlos Olivieri.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 16, quinta-feira.

 

14h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso térreo.

 

Pescador de Marcéu

Dir. Pedro Moscalcoff, Brasil, 2012, 8 min. Classificação: livre.

Um pescador sem sorte não consegue fisgar nada além de lixo. De repente, um peixe colorido o leva para as profundezas do oceano, em uma viagem mágica por um mundo diferente e inesperado, com muitos outros pescadores e pelicanos.

 

Um caipira em Bariloche

Dir. Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi, Brasil, 1973, 100 min. Idioma: português. Gênero: comédia. Classificação: livre.
Elenco: Amácio Mazzaropi, Beatriz Bonnet, Ivan Mesquita, Carlos Valone, Edgar Franco, Geny Prado, Maria Luiza Robledo, Analu Gracie, Fausto Rocha Jr, Judith Barbosa, Claudio Roberto Mecchi.

Polidoro, um fazendeiro ingênuo cai na conversa do genro e vende suas terras para um vigarista que engana a todos, inclusive sua própria esposa. Por pura armação, os dois acabam indo parar em Bariloche. Em meio a confusões e gargalhadas na neve, o caipira começa a juntar os fatos e retorna às suas terras para desmascarar os vilões. Com locações na Argentina e em Taubaté, Mazzaropi interpreta um personagem rico, mas mantém as características de caipira.

 

16h às 17h – Luau BVL. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas.

Dia internacional contra a violência policial.

Com equipe BVL.

Local: deck infantil.

 

16h30 às 17h30 – Compartilhando Saberes: Yoga

Em ambiente aconchegante e inspirador você poderá desfrutar desta prática milenar, que promove o bem-estar e a melhora da qualidade de vida. As aulas de Hatha Yoga serão direcionadas com posturas e técnicas simples, que podem ser praticadas por qualquer pessoa, e contemplam o trabalho dinâmico do corpo (alongamento – fortalecimento muscular – equilíbrio), a concentração na respiração e o relaxamento.

Recomenda-se que os praticantes ingiram apenas alimentos leves antes da aula e usem roupas confortáveis.

Com Fabiana Weykamp.

Local: deck infantil.

 

Dia 17, sexta-feira.

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

João Bobão e a princesa chifruda, de Ricardo Azevedo

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

15h30 às 16h30 – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Pula corda.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 18, sábado

 

10h30 às 11h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

14h às 16h – Sarau na BVL. Programa permanente.

Este mês, a BVL recebe o Sarau de Contação de Histórias, com apresentação de histórias de tradição oral, com o objetivo de disseminar a potencialidade dessas narrativas como uma ferramenta para conectar e aproximar pessoas.

Organização: Associação Arte e Despertar.

Local: deck infantil.

Não é necessária inscrição.

 

15h às 17h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados e também podem jogar.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

O estranho caso do sono perdido, de Miriam Leitão.

Com Paula Dugaich.

Local: Oca.

Dia 19, domingo

 

11h às 16h – Domingo no Parque. Programa permanente.

Espaço de leitura para toda a família com sessões de contação de histórias no Parque Villa-Lobos.

Com Cia. Malas Portam.

Em caso de chuva, a atividade será realizada dentro da Biblioteca.

Local: Parque Villa-Lobos.

 

10h30 às 11h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Os doze trabalhos de Hércules, recontado por Monteiro Lobato.

Com Vanessa Meriqui e Drika Nunes.

Local: Oca.

 

Dia 21, terça-feira.

 

16h30 às 17h30 – Jogos sensoriais. Programa permanente.

Jogos e brincadeiras que estimulam habilidades sensoriais e a memória de pessoas com e sem deficiência. A partir de 11 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 22, quarta-feira.

 

10h30 às 11h30 – Pintando o 7. Programa permanente.

Criação de histórias em quadrinhos.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

O livro dos mandarins, de Ricardo Lísias.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 23, quinta-feira.

 

14h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso térreo.

 

Pescador de Marcéu

Dir. Pedro Moscalcoff, Brasil, 2012, 8 min. Classificação: livre.

Um pescador sem sorte não consegue fisgar nada além de lixo. De repente, um peixe colorido o leva para as profundezas do oceano, em uma viagem mágica por um mundo diferente e inesperado, com muitos outros pescadores e pelicanos.

 

Um caipira em Bariloche

Dir. Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi, Brasil, 1973, 100 min. Idioma: português. Gênero: comédia. Classificação: livre.
Elenco: Amácio Mazzaropi, Beatriz Bonnet, Ivan Mesquita, Carlos Valone, Edgar Franco, Geny Prado, Maria Luiza Robledo, Analu Gracie, Fausto Rocha Jr, Judith Barbosa, Claudio Roberto Mecchi.

Polidoro, um fazendeiro ingênuo cai na conversa do genro e vende suas terras para um vigarista que engana a todos, inclusive sua própria esposa. Por pura armação, os dois acabam indo parar em Bariloche. Em meio a confusões e gargalhadas na neve, o caipira começa a juntar os fatos e retorna às suas terras para desmascarar os vilões. Com locações na Argentina e em Taubaté, Mazzaropi interpreta um personagem rico, mas mantém as características de caipira.

 

16h às 17h – Luau BVL. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas.

Dia internacional contra a discriminação racial.

A partir de 13 anos.

Com equipe BVL.

Local: deck infantil.

 

16h30 às 17h30 – Compartilhando Saberes: Yoga

Em ambiente aconchegante e inspirador você poderá desfrutar desta prática milenar, que promove o bem-estar e a melhora da qualidade de vida. As aulas de Hatha Yoga serão direcionadas com posturas e técnicas simples, que podem ser praticadas por qualquer pessoa, e contemplam o trabalho dinâmico do corpo (alongamento – fortalecimento muscular – equilíbrio), a concentração na respiração e o relaxamento.

Recomenda-se que os praticantes ingiram apenas alimentos leves antes da aula e usem roupas confortáveis.

Com Fabiana Weykamp.

Local: deck infantil.

 

Dia 24, sexta-feira.

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

O moço que não queria morrer, de Ricardo Azevedo.

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

15h30 às 16h30 – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Brincadeiras de ciranda.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

15h às 17h – Clube de leitura. Programa permanente.

Todos os meses a BVL seleciona um livro e propõe a discussão de detalhes da história com os leitores da obra, incentivando assim o encontro de pessoas, o debate literário e o hábito da leitura.

Quarenta dias, de Maria Valéria Rezende.

Com equipe BVL.

Local: sala criatividade 3.

 

Dia 25, sábado

 

10h30 às 11h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

15h às 17h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados e também podem jogar.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Casaco de retalhos, de Tânia Robin Barty.

Narração de histórias em Libras com interpretação para o português.

Com o Grupo Mãos de Fada.

Local: Oca.

 

Dia 26, domingo

 

10h30 às 11h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

15h às 17h – Bate-Papo Literário: Diversidade na Literatura Nacional

Obras que fogem do senso comum é o tema do encontro. Venha trocar ideias, conhecer novos autores e discutir sobre o mercado literário contemporâneo. Durante o encontro haverá sorteio de brindes e apresentação de lançamentos. Indicado para todos os amantes da literatura.

Organização Thiago Assoni.

É necessário retirar senhas com 30 minutos de antecedência.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Bicho papão da minha imaginação, de Sylvia Orthof.

Com As Histórias da Bibs.

Local: Oca.

 

Dia 28, terça-feira.

 

16h30 às 17h30 – Jogos sensoriais. Programa permanente.

Jogos e brincadeiras que estimulam habilidades sensoriais e a memória de pessoas com e sem deficiência. A partir de 11 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 29, quarta-feira.

 

10h30 às 11h30 – Pintando o 7. Programa permanente.

Confecção de jogo da velha com EVA.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

1984, de George Orwell.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Dia 30, quinta-feira.

 

14h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso térreo.

 

Pescador de Marcéu

Dir. Pedro Moscalcoff, Brasil, 2012, 8 min. Classificação: livre.

Um pescador sem sorte não consegue fisgar nada além de lixo. De repente, um peixe colorido o leva para as profundezas do oceano, em uma viagem mágica por um mundo diferente e inesperado, com muitos outros pescadores e pelicanos.

 

Um caipira em Bariloche

Dir. Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi, Brasil, 1973, 100 min. Idioma: português. Gênero: comédia. Classificação: livre.
Elenco: Amácio Mazzaropi, Beatriz Bonnet, Ivan Mesquita, Carlos Valone, Edgar Franco, Geny Prado, Maria Luiza Robledo, Analu Gracie, Fausto Rocha Jr, Judith Barbosa, Claudio Roberto Mecchi.

Polidoro, um fazendeiro ingênuo cai na conversa do genro e vende suas terras para um vigarista que engana a todos, inclusive sua própria esposa. Por pura armação, os dois acabam indo parar em Bariloche. Em meio a confusões e gargalhadas na neve, o caipira começa a juntar os fatos e retorna às suas terras para desmascarar os vilões. Com locações na Argentina e em Taubaté, Mazzaropi interpreta um personagem rico, mas mantém as características de caipira.

 

16h às 17h – Luau BVL. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas.

Luau teatral: performances e apresentações de teatro de rua.

A partir de 13 anos.

Com equipe BVL.

Local: deck infantil.

 

16h30 às 17h30 – Compartilhando Saberes: Yoga

Em ambiente aconchegante e inspirador você poderá desfrutar desta prática milenar, que promove o bem-estar e a melhora da qualidade de vida. As aulas de Hatha Yoga serão direcionadas com posturas e técnicas simples, que podem ser praticadas por qualquer pessoa, e contemplam o trabalho dinâmico do corpo (alongamento – fortalecimento muscular – equilíbrio), a concentração na respiração e o relaxamento.

Recomenda-se que os praticantes ingiram apenas alimentos leves antes da aula e usem roupas confortáveis.

Com Fabiana Weykamp.

Local: deck infantil.

 

Dia 31, sexta-feira.

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

Os figos da figueira, recontado por Ana Maria Machado.

Com equipe BVL.

Local: Oca.

 

15h30 às 16h30 – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Passa o bambolê.

A partir de 7 anos.

Com equipe BVL.

Local: piso térreo.

 

Biblioteca Parque Villa-Lobos

A Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.  Espaço singular, que oferece livros para empréstimo e ambientes para estudo, como toda biblioteca, a BVL é também uma experiência diferente em leitura, lazer, aprendizado e diversão.

 

Ocupando área de quatro mil metros quadrados dentro do Parque Villa-Lobos, zona oeste da capital paulistana, a BVL monta, todos os meses, programação cultural diversificada, que reúne atividades de interesse para todos os públicos. Acontecem contação de histórias, mediação de leitura, cursos, oficinas, apresentações teatrais e musicais, exposições, saraus e encontros com escritores.

 

Confira mais sobre a programação no site oficial: https://bvl.org.br

 

Serviço:

Local: Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL)

Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001 ou Avenida Queiróz Filho, 1205, Alto de Pinheiros.

Telefone: (11) 3024-2500.

Aberta de terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30 horas.

Compartilhe

Deixe um Comentário