Curso estimula a transformação de memórias em textos

0

As memórias ficam marcadas em nossos corpos e os trechos mais importantes da história de vida de cada um seguem, muitas vezes, guardados a sete chaves. O Curso Memórias Impressas, comandado por Claudia Schapira, parte dessas lembranças tão pessoais para conduzir a produção de textos, que transformem sentimentos e sensações em palavras.

A primeira aula aconteceu na manhã de hoje, 19 de março, e contou com três fortes mulheres em bate-papo, que deu início à atividade. Passados foram revisitados e deles surgiram a inspiração para a troca, estimulada por Claudia, que é atriz, dramaturga, diretora e figurinista.

Ao todo, serão sete encontros revisitando a condição da mulher na sociedade patriarcal (terças e quintas-feiras, em 19, 21, 26 e 28 de março e 2, 4 e 9 de abril – carga horária de 21 horas). Os exercícios visam o fluxo livre da expressão e, como resultado, incitam o desenvolvimento da escrita que carregue a marca de cada um dos participantes.

Além da palavra, Claudia utiliza a mandala de pertencimento (uma coleção de objetos pessoais dos alunos) e também leituras de embasamento. Entre os livros que serão abordados no curso estão “O martelo das feiticeiras”, de Malleus Maleficarum; “Descolonizar é despatriarcalizar”, de Maria Galindo; “Mulheres, raça e classe”, de Angela Davis; e “Caliba e a bruxa”, de Silvia Federici.

Perdeu a primeira aula e está interessada? Ainda há vagas (em 19/03). É possível fazer a inscrição, mas necessário vir no próximo encontro (quinta-feira, 21/03). Depois do segundo não é mais possível ingressar na turma.

Compartilhe

Deixe um Comentário