Clube de Leitura debate clássico do terror no encontro de julho

0

O Clube de Leitura de julho foi centrado em um clássico do terror já levado às telas: “Frankenstein”, de Mary Shelley. O encontro, realizado na tarde de 26 de julho, promoveu debate sobre a obra e a criatura que vive no imaginário de todos e já retratada por vários outros autores. No livro, Victor Frankenstein é um estudante de Ciências Naturais obcecado em dar vida à matéria inanimada. Quando alcança o resultado, construindo um monstro a partir de restos humanos, foge de sua criação. Abandonada, a criatura passa a perseguir o cientista em busca de vingança.

Mary Shelley nasceu em Londres, filha de um filósofo e de uma escritora feminista, e casou-se com um poeta romântico e filósofo. “Frankenstein” surge quando, no verão de 1816, Mary e um grupo de escritores ingleses ficam entusiasmados com a leitura de uma coletânea de histórias sobre aparições, sonhos e fantasmas e se desafiam a escrever um conto de terror cada. A relação entre criador e criatura foi um dos aspectos abordados durante o encontro comandado por Michele e Márcia, auxiliares de leitura da biblioteca, que trouxeram elementos importantes sobre a história retratada no livro e a carreira de Mary Shelley. A trama foi levada ao cinema pelas mãos do diretor Kenneth Branagh que, também no elenco, fez de Robert De Niro o protagonista. O longa-metragem chegou a receber indicação de Melhor Maquiagem no Oscar.

O próximo Clube de Leitura está marcado para 30 de agosto, das 15h às 17h e terá como tema obra da literatura turca: “O palhaço e sua filha”, de Halide Edip Adivar. Você é nosso convidado!

 

Compartilhe

Deixe um Comentário