Você conhece o Espalhafatos?

1

O Espalhafatos é uma publicação da SP Leituras, organização social de cultura que é responsável pela gestão integral da Biblioteca de São Paulo (BSP) e da Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL). A OS tem como objetivo contribuir com programas para incentivar a leitura e divulgar o livro e a literatura entre a população das cidades do interior do Estado, coordena o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas (SisEB), para o qual o jornal é destinado.

A publicação é voltada para o público infantojuvenil que frequenta as bibliotecas e distribuída gratuitamente para todas as unidades do SisEB. São centenas de bibliotecas espalhadas por 645 municípios do Estado de São Paulo. O conteúdo inclui listas dos livros mais retirados nas Biblioteca de São Paulo e Biblioteca Parque Villa-Lobos, curiosidades, testes, tirinhas do escritor e ilustrador Michele Iacocca e matérias produzidas por jovens que têm curiosidade de descobrir o mundo do jornalismo.

Neste primeiro semestre de 2019 serão distribuídas duas edições do jornal e a galera já colocou a “mão na massa” para começar a produção do conteúdo. A cada edição, acontece a oficina “Espalhafatos: da ideia ao ponto final”, com o objetivo de apresentar para os participantes os princípios básicos para a elaboração de uma matéria jornalística. Quem comanda o curso é o jornalista João Varella, que em dois dias explora com os alunos os conceitos e técnicas para fazer uma entrevista. O aprendizado é colocado em prática com um convidado entrevistado pelos alunos que, ao final, produzem um texto jornalístico.

A primeira oficina do ano aconteceu na BVL nos dias 21 e 22 de fevereiro e o resultado será publicado na próxima edição do Espalhafatos (a segunda foi realizada na BSP nos dias 26 e 27 de fevereiro e, para saber mais sobre ela, clique aqui). Nela, poderemos conferir a matéria produzida pelos participantes a partir da entrevista que eles fizerem com o Gustavo Piqueira. Será uma ótima oportunidade para conhecermos um pouco deste premiadíssimo designer gráfico brasileiro.

 

Compartilhe