Villa-Lobos para Todos enche nossa Oca de música e alegria

0

A celebração do aniversário de Heitor Villa-Lobos foi marcada por muita música e alegria em nossa Oca, na tarde do primeiro sábado de março, 7, com interpretações divertidas e interativas do grupo vocal Poucas & Boas, regido por Dani Mattos. O coral interpretou clássicos e cirandas como “Sapo Jururu”, “O Cravo Brigou com a Rosa” e “Trenzinho Caipira” e em várias das performances chamou o público para participar da apresentação, como foi o caso do mineiro Divino, que, da plateia, foi “escalado” para o papel de Cravo em dobradinha com Evelyn, do coral. Dupla estreia para o rapaz, que esteve pela primeira vez na biblioteca e também em uma performance pública.

Tímido, Divino contou que a ligação com a BVL só tende a crescer, já que encontrou aqui um lugar de inspiração para um memorial – com acervo de livros, sob o comando da sobrinha – que vem criando na casa onde nasceu, no interior de Minas Gerais. Ele, que hoje vive em São Paulo, onde trabalha como químico, ama a música e a leitura e já se programa para voltar para outras atividades.

A performance do Poucas & Boas também foi aprovada por Anna Júlia. A pequena deixou bem claro que adorou o setlist e dançou muito enquanto as músicas eram executadas pelo grupo, que, chamou a todos para compor um grande coro para “Trenzinho Caipira”.

Anna Júlia. Foto: Equipe SP Leituras.

Anna Júlia. Foto: Equipe SP Leituras.

Criado há mais de 15 anos e com repertório variado, mas sempre ligado à memória cultural brasileira, o grupo realiza um trabalho de consciência vocal, auditiva e corporal, que foi experimentado por quem estava na biblioteca no sábado. Foi realmente uma tarde diferente para quem participou do evento e talvez ainda mais especial para Dani Mattos, que celebrou seu próprio aniversário no dia. Viva a música!

 

 

 

Compartilhe

Deixe um Comentário