Veronica Stigger desvenda as tramas de suas obras no Segundas Intenções

0

Veronica Stigger lançou, este ano, “Sombrio ermo turvo” e esteve na BVL falando sobre o título, sua trajetória no mundo da literatura e até deu detalhes do próximo trabalho. O encontro, realizado na manhã de sábado, 14 de setembro, foi mediado pelo jornalista Manuel da Costa Pinto e marcado pela alegria com a qual a escritora conta suas histórias, desvenda as pistas criptografadas nas tramas e suas referências.

Veronica deu início à conversa descrevendo a razão do título de seu mais recente lançamento. Ela, que nasceu em Porto Alegre (RS), começou a trabalhar os textos em 2011 e dividiu o livro em quatro partes como se fosse uma sinfonia. A escritora explica que Sombrio, Ermo e Turvo, na verdade, são os nomes das cidades que ela via em uma placa na estrada que liga Santa Catarina e Rio Grande do Sul. “Era uma época que eu estava morando em Florianópolis e Eduardo, meu marido, em Porto Alegre. Então, a gente fez muito essa travessia e à noite”, lembra. Em 1995, o farol do carro batia na sinalização e iluminava aquelas três palavras, que ficaram na cabeça de Veronica para sempre.

As obras

A escritora venceu, com “Opisanie swiata”, seu primeiro romance, o Prêmio São Paulo de Literatura. E, com “Sul”, o Prêmio Jabuti. Ambos disponíveis no acervo da BVL, ao lado de “Onde a onça bebe água” e “Dora e o sol”, entre outros. “Os Anões” foi o título que mais chamou a atenção de Alice, frequentadora assídua da biblioteca. Ao final do bate-papo, ela abraçou um exemplar do livro para levar para casa e ler com calma. Feliz com a manhã com Veronica, ela adora o Segundas Intenções e costuma participar dos encontros com escritores na Oca e, atenta à programação da biblioteca, tem feito oficinas e participado de outras várias atividades por aqui.

Quem também aproveitou o bate-papo foi Daniela, que deu uma “fugidinha” durante a visita que fazia na BVL com o marido Daniel e parte da família. Com as crianças entretidas na área infantil do térreo e o marido, que é engenheiro, passeando o olhar pela estrutura do espaço, Daniela teve seu momento de encontro com a literatura no meio da manhã de sábado e ficou feliz em conhecer a obra e a trajetória de Veronica, que, como ela, é professora. A escritora, aliás, é crítica de arte, curadora independente, além de dar aulas na universidade.

Confira o bate-papo com Veronica transmitido no Facebook da biblioteca, clicando aqui. Há outros com Ronaldo Bressane, Antonio Prata e Milton Hatoum, entre outros, disponíveis em nosso canal do YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC8wXQf8VazYwKO7gWpyhMEQ/videos . O de Veronica está em https://youtu.be/-09mH_x11MY

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Foto: Equipe SP Leituras.

Daniela e Danilo. Foto: Equipe SP Leituras.

Daniela e Danilo. Foto: Equipe SP Leituras.

Alice. Foto: Equipe SP Leituras.

Alice. Foto: Equipe SP Leituras.

 

Compartilhe

Deixe um Comentário