Escritor Ricardo Lísias conta como nasceram suas histórias na BVL

0

O Segundas Intenções de julho, na BVL, teve o escritor Ricardo Lísias como centro das atenções. Mediado pelo jornalista Manuel da Costa Pinto, o encontro entre leitores e autor aconteceu no sábado, dia 21 de julho, e contou com a oca bem cheia. A BVL, que é finalista em premiação internacional (leia em https://bvl.org.br/bvl-e-finalista-em-premiacao-internacional/), tem recebido, aliás, um grande número de visitantes, principalmente nesse período de férias escolares.

Lísias começou sua participação no Segundas Intenções contando como foram seus primeiros contatos com a Literatura. Sempre rodeado de livros e artes em variados aspectos (ele tem um irmão formado em Música, por exemplo), o escritor sempre gostou muito de ler e de inventar coisas. Com formação em Letras, é autor, entre outros, de “O céu dos suicidas”, “Divórcio” e “A vista particular”.

Segundo Lísias, muito desse processo de desenvolvimento de histórias é o que ele chama de “uma criação provocada”. As referências ao livro “Diário da cadeia” (2017), o mais recente publicado, deram início ao bate-papo. “Queria fazer uma intervenção no meio político. Mas queria fazer uma intervenção em um livro que não fosse um livro sobre política, que contasse uma história política ou que descrevesse uma situação. Eu queria fazer um livro político”, ressalta ele. “Queria causar algum incômodo às pessoas e à situação que estavam me incomodando, através do que eu podia fazer, através da arte”, complementa.

Desses incômodos e desses confrontos nasceram também questões jurídicas, como conta Lísias, que se viu tendo que responder a processo em função da sua escrita. O livro, que é registrado como romance inclusive (trata-se de ficção), trata de descrever um diário hipotético dos três primeiros meses da prisão de Eduardo Cunha (pseudônimo que consta assim identificado em capa). Mas o bate-papo foi além dessa obra que chegou a ser retirada de circulação, com liminar.

Ficou curioso? Quer saber mais sobre a trajetória do autor e de suas obras?  Veja a íntegra do bate-papo no espaço da BVL no Facebook, na seção de vídeos: https://www.facebook.com/BVLbiblioteca/videos/ O vídeo também estará disponível no nosso canal do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=YOjFDCYPgEg

 

Compartilhe

Deixe um Comentário