/ governosp

Thiago Baptista, diretor de Narrativa, apresenta o universo dos videogames

0
Reprodução.

Reprodução.

O encontro sobre narrativa e roteiros para jogos eletrônicos reuniu mais de 60 pessoas online em atividade realizada no último dia de agosto, dentro da programação da BVL.  Especialista no tema, Thiago Baptista compartilhou dicas sobre o universo dos videogames e deu até detalhes sobre título que está desenvolvendo: “Deathbound” (mais informações disponíveis na plataforma Steam), ainda sem data de lançamento. Para começar, ele apostou em uma provocação: “não existe roteiro para jogos”. A partir de uma discussão mais teórica, usou exemplos reais do mercado e foi enfático: há especificidades importantes dessa mídia, tão distinta dos filmes e dos livros.

Como são “pensadas” as histórias contidas nas fases? Thiago deu respostas sobre o que chama de gameplay (a não-linearidade, a ramificação) usando narrativas de etapas de jogos, com o descritivo bem diferente do que se vê em roteiros de produções audiovisuais (com fade-ins, cabeçalho de cenas, anotações de corte, ambientações, etc. Os ganchos, que levam a cada uma das fases também foram abordados, bem como as metáforas encontradas nos videogames. O especialista falou ainda sobre o ofício do Design de Narrativas.

“Fazedor” de jogos e um contador de histórias. É assim que Thiago gosta de ser identificado. Atualmente Diretor de Narrativa do projeto do jogo “Deathbound”, ele trabalhou como Assistente no jogo “Sword Legacy: Omen”, ganhador do prêmio de Melhor Narrativa na SBGames 2016. Thiago é pós-graduando em roteiro para cinema, TV e multimídia na Universidade Veiga de Almeida, graduado em Jogos Digitais pelo Instituto Infnet e estudou roteiro cinematográfico na Escola de Cinema Darcy Ribeiro.

Thiago9

Thiago8

Thiago5

Thiago4

thiago2

Compartilhe

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras