/ governosp

Poema de Emílio de Meneses é destaque do Leitura ao Pé do Ouvido

0

O Leitura ao Pé do Ouvido desta semana apresenta o poema “Ao ‘Paraíba’”, de Emílio de Meneses. O trecho escolhido de hoje integra o livro “Últimas Rimas”, obra que reúne uma série de trabalhos do jornalista e poeta parnasiano brasileiro, nascido em 1866. Ouça aqui

Agora, embarque neste e em outros poemas do autor, disponíveis na íntegra e em formato digital. Acesse aqui e boa leitura!  

AO “PARAÍBA” 

Quando te vejo o deslizar das águas
Claras, serenas como os bons momentos 
De amor que correm plácidos e lentos, 
Vão rolando contigo as minhas mágoas. 

Mas quando as vejo em torvelins violentos, 
Torvas e turvas a raivar nas fráguas, 
Extingo as chamas da alegria, apago-as: 
Rolam contigo os meus contentamentos. 

É que sobre mim mesmo não exerço 
Força contrária à tua, a mim ligada 
Qual se liga a áurea rima a um verso terso. 

E essa força, que é tudo, vem de um nada: 
Às tuas margens balouçou-se o berço 
Da criatura eternamente amada!  

Compartilhe

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC