/ governosp

São muitas as atividades temáticas sobre o aniversário de São Paulo na BVL

0

São várias as atividades temáticas referentes ao aniversário da cidade na BVL, que, funcionará normalmente no feriado, 25 de janeiro, das 9h30 às 18h30. A tarde desse sábado especial será animada com a Oficina Maker, que começa às 14h e ensinará as crianças a criarem uma luminária com a silhueta da cidade (com a Escola de Inventor – vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada). Também a contação de histórias, às 16h, fará referência ao aniversário com “A história da cidade de São Paulo”, de Walter Vetillo, com o Grupo #BoraLê e interpretação em Libras.

Outras atividades distribuídas pelo mês também seguem o tema, como a Hora do Conto do dia 24, às 15h, que trará “Crônicas de São Paulo: um olhar indígena”, de Daniel Munduruku, com a equipe da biblioteca; já no dia 22, às 16h30, o Leitura ao Pé do Ouvido, será centrado em trechos do livro “Quadras paulistanas”, de Fabrícilio Corsaletti. Confira, a seguir, a programação (sujeita à alterações) do dia 25 de janeiro:

10h30 às 11h15 – Lê no Ninho – Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, tablet, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa. Com equipe BVL. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

14h às 16h – Oficina Maker – Aproveite as férias escolares para aprender e trocar experiências sobre à cultura maker, onde a proposta é estimular o faça-você- mesmo. Atividade com foco na inovação, colaboração e criatividade. De forma lúdica e divertida, as crianças irão produzir um projeto com circuitos elétricos. Luminária Skyline São Paulo, com a silhueta da cidade. Com a Escola de Inventor. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

15h às 17h – Jogos para Todos! – Oficina de xadrez – Os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados.  Com a FOX (Formação e Orientação de Xadrez). Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

16h às 17h – Hora do Conto – Contação de histórias da literatura infantojuvenil, para aguçar o hábito da leitura e a imaginação das crianças. “A história da cidade de São Paulo”, de Walter Vetillo. Com interpretação em Libras. Com o Grupo #BoraLê. Não é necessário fazer inscrição.

Compartilhe

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras