Oficina de escrita tem raiz nas memórias

0

A jornalista e escritora Bianca Santana conduziu a oficina Memória Coletiva a partir de Histórias de Vida, realizada em agosto na BVL. Os quatro encontros somaram troca de experiências, relatos sobre dramas e aventuras individuais e familiares e muita emoção. As atividades renderam ricos bate-papos e textos. Com interesses diversos, os participantes também tinha diferentes conteúdos a trabalhar. Na sala, roteiristas de cinema, escritores amadores e profissionais, blogueiros, contadores de histórias, educadores, produtores culturais e pessoas sem qualquer ligação com a literatura, entre outros, leram e escreveram suas histórias e de outros.

Bianca, logo na primeira aula, trouxe títulos que tratam de trajetórias, entre outros, de Rita Lee, Michelle Obama como exemplos. A jornalista leu trecho sobre uma passagem íntima, pessoal e transformadora de sua vida, abrindo os trabalhos para que as conexões entre escrita e memória se estabelecessem na sala. A ideia da oficina era provocar reflexões teóricas e compartilhar dicas que pudessem ajudar a todos a desenvolver um estilo narrativo próprio dentro dos diversos gêneros (crônica, conto e relato). E isso tudo aconteceu!

Ficou interessado em nossas oficinas? Nossa programação sempre traz oportunidades nesse sentido. Confira nossas atividades no guia, disponível também online, clicando aqui.

 

Compartilhe

Deixe um Comentário