Lugar de aprender… e trabalhar

0

Sozinha, em uma mesa na lanchonete 8ª Arte, na BVL, na manhã fria do último domingo de agosto, uma moça trabalha em seu laptop. Uma xícara de café em cima da mesa e alguns papéis. Ela parece ocupada, mas não tensa. Camila Doretta é jornalista freelancer e utiliza a Biblioteca Parque Villa-Lobos como seu espaço de trabalho. O ambiente da cafeteria é ideal para manter a mente ativa e até para aguçar a criatividade tão necessária no seu trabalho do dia a dia, diz ela.

Camila é frequentadora do parque e da biblioteca e prefere trabalhar na BVL do que em casa. Moradora da região, ela vem de bike e aproveita também para exercitar-se. Segunda ela, é gostoso estar ali, cercada das crianças e das atividades do dia a dia do espaço. Para Camila, o bate-papo dos demais na lanchonete e a presença dos pequenos na área ao lado não atrapalham em nada a concentração. Camila diz que o domingo “rendeu”. A BVL espera que ela continue voltando por causa não só do trabalho por lá.

 

 

Compartilhe

Deixe um Comentário