/ governosp

Lourenço Mutarelli revela processo criativo e estimula a experimentação

0
Reprodução

Lourenço Mutarelli

No curso online Processos Narrativos, Lourenço Mutarelli compartilha com os alunos o seu processo criativo como ilustrador, quadrinista, escritor, dramaturgo e ator. As aulas, dentro da programação da Biblioteca Villa-Lobos, acontecem às terças, quartas e quintas, até 29 de outubro, e de 3 a 10 de novembro, sempre das 18h30 às 21h. Não há mais vagas disponíveis.

Com alunos de São Paulo, do interior paulista e de outros estados, Mutarelli fez uma primeira aula de apresentação, dando aos participantes a oportunidade de falarem de si mesmos e de seus objetivos. Douglas Firmino da Silva, de Brasília, disse que tem um trabalho muito ligado à imagem e ao desenho: “Minha vontade aqui é tentar encontrar novas maneiras de lidar com os textos”.

Reprodução

A sala virtual da oficina de Processos Narrativos de Lourenço Mutrarelli

Mutarelli divide com os participantes o seu processo criativo na elaboração e realização de seus mais de 20 títulos publicados, entre livros e álbuns de quadrinhos. Além disso, exercita o desbloqueio e estimula a experimentação narrativa através de análises e exercícios.

“Enquanto estou fazendo minha arte, tento me tornar um instrumento do meu trabalho”, disse ele, na primeira aula.

Na segunda aula, Mutarelli fez uma apresentação de seus cadernos de desenhos e recortes, que foram adotados como método de trabalho em uma fase mais avançada de sua carreira. “O grifo de Abdera” (2015) é um dos livros do autor que se originaram do processo dos chamados “sketchbooks”.

“A cada livro eu vou refletir sobre algo que está me intrigando naquele momento”, disse ele. “Os meus livros são formas de eu pensar.”

Mutarelli começou a carreira como desenhista. Depois, passou a fazer histórias em quadrinhos e, então, tornou-se escritor. Fez alguns trabalhos como ator e atualmente ministra cursos e oficinas de processos criativos. Como quadrinista, publicou doze álbuns, entre os quais “Transubstanciação” e a trilogia do detetive Diomedes. Como escritor, oito livros, entre os quais “O Cheiro do Ralo” (2002) e “O Natimorto” (2004).

Compartilhe

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras