Literatura x cinema em livro

0

Lançamento da editora Best-Seller, do Grupo Record, o livro 100 filmes – da literatura para o cinema (2014), do francês Henri Mitterand, analisa alguns filmes cuja origem vem de histórias da literatura. Entre os cineastas abordados estão Akira Kurosawa, Federico Fellini, Jean Renoir, Robert Bresson, Stanley Kubrick, Tim Burton, entre outros.

Para Mitterand, o cinema sempre procurou a literatura como fonte de inspiração. No entanto, o segredo para transpor a história das páginas para a tela parece conhecido apenas por alguns poucos. O livro examina a arte e a técnica da adaptação e analisa filmes de diversas nacionalidades, épocas e gêneros, da literatura policial à ficção científica. Também reúne uma série de textos críticos de colaboradores ligados à literatura e ao cinema.

“Um grande romance pode dar origem a um grande filme ou a um filme menor; um romance indiferente, sem existência duradoura, também pode transformar-se num filme inesquecível ou em uma hora e meia de cinema a ser esquecida. A adaptação de um romance sacralizado pela posteridade não garante a realização de um filme cult”, finaliza Mitterand, que é professor de literatura especializado em Émile Zola.

Confira mais informações nos links Estadão, Coolturablog e Mais uma página.

Compartilhe

Deixe um Comentário

4 × 2 =