Leitura do clube de fevereiro foi de obra vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura

0

O ano de 2020 começou com as leituras das obras vencedoras do Prêmio São Paulo de Literatura de 2019. Em janeiro a discussão foi com base na leitura de “Enterre seus mortos”, de Ana Paula Maia. Fevereiro foi a vez de “O pai da menina morta”, de Tiago Ferro.

BVL_OPaidaMeninaMorta

No livro, uma garota amorosa e inteligente, de oito anos, morre subitamente. O fato trágico e triste causa uma verdadeira devastação na família e no círculo de amigos dos pais da criança.

O texto busca compreender as consequências da morte da garota e foi escrito a partir de uma tragédia vivida pelo autor. Além de toda a dor refletida na ficção, o livro traz também temas como sexualidade, humor, confissão e memória.

Durante o encontro do Clube, os participantes também conhecem um pouco mais do autor da obra escolhida: Tiago Ferro nasceu em São Paulo em 1976. Escritor e editor, é um dos fundadores da e-galáxia e da revista Peixe-Elétrico. Escreve ensaios sobre cultura para Piauí, Cult e Suplemento Pernambuco. “O pai da menina morta” é seu primeiro romance.

28.02 - Clube de Leitura - Equipe SP Leituras 3
Sobre o Clube de Leitura
O Clube de Leitura é um programa permanente da BVL. Reúne todos os meses leitores de uma mesma obra para a troca de opiniões e críticas, incentivando assim o hábito regular da leitura.
milan_k
Participe do próximo encontro. Será na sexta-feira, dia 27 de março, às 15h. Vamos ler o romance mais recente de Milan Kundera, “A festa da insignificância”.
Lembrando que não é necessário fazer inscrição. Venha trocar suas experiências de leitura com a gente!
Compartilhe

Deixe um Comentário