Exposição gratuita fica até 20 de outubro na BVL

1

A Exposição Libertas: Leitura e Literatura nas Prisões, aberta ao público no sábado, 21 de setembro, fica até 20 de outubro em espaço no segundo piso da biblioteca.  A mostra contará com trabalhos desenvolvidos por pessoas presas atualmente e também egressos do sistema prisional. A iniciativa é do Fórum Cultura, Trabalho e Cidadania e Fundação “Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel” (Funap), vinculada à Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), por meio da Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania. Ao todo, serão três ambientes para visitação: “Cárcere e a Literatura”, “Literatura no Cárcere” e, por fim, as “Políticas de Livro, Literatura e o Sistema Prisional”. Serão expostas obras literárias e resenhas feitas pelos reeducandos.

A exposição pode ser vista de terça a domingo, das 9h30 às 18h30. Serão realizadas oficinas nos dias 28/09 e 06/10 e rodas de conversa nos dias 12/10 e 19/10, sempre das 14h30 às 16h, abordando temas como mediação de leitura voltada a grupos vulneráveis, diversidade na literatura e remição de pena pela leitura. Haverá ainda um sarau em 19/10, das 16h às 17h. Crianças a adultos poderão participar. As vagas são limitadas, preenchidas por ordem de chegada nessas atividades paralelas.

Confira, a seguir, as atividades paralelas (sujeitas a alteração):

28/09 (sábado) – 14h30 às 16h30 – Oficina Mediação de Leitura com pessoas privadas de liberdade – O encontro busca estimular uma reflexão crítica sobre as práticas de mediação de leitura com grupos em alta vulnerabilidade e sob a custódia do Estado. Com Renata Del Mônaco. Não é necessário fazer inscrição.

06/10 (domingo) – 14h30 às 16h30 – Oficina A remição de pena por meio da leitura na Penitenciária Feminina da Capital – A experiência da iniciativa desenvolvida por mediadores de leitura-literatura da USP. A atividade visa compartilhar as experiências de mediação de leitura numa unidade prisional feminina. Com Vima Lia de Rossi Martin. Professora e pesquisadora da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Sociais da Universidade de São Paulo. Integra o Projeto Travessia na Penitenciária Feminina da Capital. Não é necessário fazer inscrição. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

12/10 (sábado) – 14h30 às 16h30 – Roda de conversa A Remição de pena por meio da leitura, dilemas e desafios – O encontro busca um diálogo sobre a remição da pena pela leitura e o direito à cultura e educação, abordando aspectos formais e instrumentalização da leitura pelo sistema de Justiça. Com a Equipe Educativo. Não é necessário fazer inscrição. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

19/10 (sábado) – 14h30 às 16h30 – Roda de conversa Identidade e Diversidade: liberdade das vozes pela escrita – O encontro busca estimular uma reflexão crítica sobre as práticas de mediação de leitura com grupos em alta vulnerabilidade e sob a custódia do Estado. Com Charles W. Bordin, Diretor do Centro de Políticas Específicas – CPE/CRSC. Não é necessário fazer inscrição. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

19/10 (sábado) – 16h às 17h – Sarau Libertas – Cena aberta para intervenções. Com André Luzzi de Campos. Executivo Público do Grupo de Capacitação Aperfeiçoamento e empregabilidade- GCAE/CRSC. Não é necessário inscrição. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Para mais informações, clique aqui.

Libertas

Compartilhe