Edição de vídeos sem mistério

0

Universitários interessados em adentrar o universo dos vídeos, empreendedores querendo oferecer seus serviços em canais no Youtube, adolescentes que veem muita TV e também vídeos na internet e até blogueiras com canais estabelecidos. Foi com esse público variado que teve início o Curso de Edição de Vídeo – Básico na terça-feira 18, na Biblioteca Parque Villa-Lobos. Ele está sendo ministrado por Patricia Bernal, que é filmmaker, fotógrafa e jornalista.

Por meio do curso, os participantes poderão ficar por dentro dos conceitos básicos aplicados ao vídeo, como corte, ritmo, trilha sonora, edição não-linear, efeitos e lettering. Num segundo momento, conhecem de fato o software Final Cut X, que é usado na edição. “Já trabalho com ele há 3 anos”, disse Patricia, que já contabiliza mais de 100 vídeos no no currículo. “O legal da edição é pode criar seus próprios vídeos”, afirmou. A filmmaker falou en passant no primeiro encontro sobre tendências que, vez ou outra, tomam de assalto a edição de vídeos, como o uso de imagens mais aceleradas.

A contadora Joquebede Morbek, de 37 anos, ficou sabendo da oportunidade por meio da newsletter mensal da BVL. Sua intenção é produzir vídeos com dicas de gestão financeira. “Já tentei editar e fiquei meio perdida”, contou. O curso tem carga horária de 12 horas e vai até o dia 27 de outubro.

Compartilhe

Deixe um Comentário

1 + um =