Dia da Imprensa tem como referência nascimento do ‘Correio Braziliense’

0
Vários jornalistas se aglomeram em uma cobertura. Foto: Freepik

Vários jornalistas se aglomeram em uma cobertura. Foto: Freepik

Comemorado nesta segunda-feira, 1º de junho, o Dia da Imprensa no Brasil tem como referência a data, em 1808, que começou a circular o “Correio Braziliense”, editado em Londres  pelo brasileiro Hipólito José da Costa. A ideia era driblar a censura da Coroa Portuguesa.

Até 1999, a data era comemorada no dia 10 de setembro, quando começou a circular no Brasil “A Gazeta”, do Rio, também em 1808. Sob a proteção de D. João VI, era uma publicação alinhada com a Coroa. Embora a imprensa já tivesse nascido oficialmente no Brasil em 13 de maio, com a criação da Imprensa Régia, seu início foi marcado pela primeira edição do jornal.

Com a Lei 9831/99, redigida pelo deputado Nelson Marchezan e sancionada pelo governo Fernando Henrique Cardoso, a data oficial da Imprensa Brasileira foi mudada para 1º de junho.

No dia 3 de maio, é celebrado o Dia Internacional da Liberdade de Imprensa. A data foi oficializada em 1993 pela Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). O objetivo da criação é ressaltar os princípios fundamentais da liberdade de imprensa no mundo todo, além de prestigiar jornalistas que perderam a vida exercendo a profissão.

Compartilhe

Deixe um Comentário