Curso de Produção Audiovisual para Web na BVL

0

Nesta terça-feira, 7 de junho, a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) realizou a terceira aula do Curso de Produção Audiovisual para Web. No espaço são ensinados conceitos, técnicas e formas de usar a criatividade para produção de vídeos – com enfoque especial para a internet. Entre os tópicos estão roteiro, direção de arte, produção, captação de som, como mexer numa câmera, entre outros.

Nesta terceira aula, os participantes colocaram em prática alguns ensinamentos. Primeiro, discutiram o roteiro de um vídeo institucional para a própria biblioteca. Depois, fizeram um guia de como cobrir as informações com imagens. Por fim, aprenderam a manusear uma câmera profissional e foram para a locação captar imagens.

Para o tutor Felipe Parra, é interessante essa mescla de conceitos teóricos e técnicos, além de colocar a mão na massa. Acredita que somente com um produto final é que se aprende. “Muitos alunos já fazem vídeos sozinhos, na raça. Aqui eles têm uma painel básico e simples de produção de vídeo, além de aprenderem mais da linguagem audiovisual”. Parra é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e trabalha há mais de dez anos com vídeos. Na sua produtora, a Capitão Foca, ele atende clientes como Coca-Cola, Google e Netflix. Também dá oficinas no Museu da Imagem e do Som (MIS).

Já os alunos são bastante variados. Gleison Rocha Souza é técnico em radiologia e teve que trocar o dia de trabalho para participar do curso na BVL. Para ele, importante é “agregar informação” numa área que ele nunca dominou mas tem interesse. O analista de sistemas e trader Marcos Wickens afirma que sempre gostou de trabalhar com tecnologia e veio aprender mais sobre edição de vídeo; ele já conhece programas gráficos como o Corel Draw. “O curso é muito bom. Todo conhecimento é bem-vindo”.

Já a doutoranda da Universidade Federal do ABC (UFABC) Erica de Liandra Salvador tem intenção de colocar as aulas na prática. “Vim para a BVL pois acabei de comprar uma câmera fotográfica profissional e quero fazer vídeo-aulas sobre química”. Hoje se divide entre o doutorado e o blog Infinito e Diverso, onde ensina conceitos de ciência para o público em geral. Ela tem experiência em ensinar: já deu aula para jovens do ensino fundamental, médio, técnico e até em graduação. Confira o link do blog.

Na próxima aula, a última do curso, os alunos entender mais de edição não linear com o software Final Cut. Para isso, vão ser usadas os computadores iMacs da própria biblioteca. A ideia é editar o vídeo gravado e aprender conceitos de corte, montagem de imagens em movimento e sonorização.

Ficou curioso sobre essa atividade?

Fique atento a agenda de programação de cursos e oficinas de junho neste link.

Compartilhe

Deixe um Comentário

14 − 5 =