Criado pela Unesco, Dia Mundial do Livro festeja obras, autores e leitura

0

Criado em uma Conferência Geral da Unesco, em 1995, o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor comemora-se em 23 de abril na maior parte do mundo – as exceções são o Reino Unido e a Irlanda, onde se festeja a efeméride em março. A escolha da data coincide com a de morte de vários autores importantes, como William Shakespeare e Miguel de Cervantes.

Foi, ao mesmo tempo, uma maneira de prestar uma homenagem mundial aos livros e autores, além de uma forma de incentivar a leitura, a indústria de livros e a propriedade intelectual. Na SP Leituras, as bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos e o SisEB-SP estão alinhados nessa corrente.

Em uma mensagem em seu site, a Unesco reforça que, em momentos de pandemia e confinamento, “o poder dos livros deve ser alavancado para combater o isolamento, reforçar os laços entre as pessoas, expandir nossos horizontes e estimular nossas mentes e criatividade”.

Para a entidade, é essencial, em qualquer época, reservar um tempo para ler sozinho ou com seus filhos. “É um momento de celebrar a importância da leitura, promover o crescimento das crianças como leitores e promover um amor ao longo da vida pela literatura e a integração ao mundo do trabalho”, conclui a mensagem.

Compartilhe

Deixe um Comentário