Cadê o juízo do menino? (Tino Freitas)

0

capa_cade_o_juizo_meninoOs parafusos apertam bem apertadinho o juízo no lugar e impedem a cabeça de fazer pequenas – e grandes – confusões. Mas, nesse dia, o menino acordou sem o seu e já foi fazendo trapalhadas. Penteou o cabelo com a escova de dentes, passou manteiga na maçã, foi para a escola de pijamas e assistiu à aula de cabeça para baixo, imagine só! Onde será que foi parar o parafuso? O livro é todo rimado e cheio de repetições bem ao gosto dos pequenos leitores e ouvintes. As belas imagens de Mariana Massarani são um convite a mais diversão, que começa depois que Tino Freitas escreve o (primeiro) “fim”. Quem será que vai achar o juízo do menino?

Compartilhe

Deixe um Comentário