BVL promove atividade para formar makers

0

Um dos conceitos mais comuns nos Estados Unidos é o DIY, que é a sigla em inglês para Do it yourself, ou numa tradução livre, Faça você mesmo. A ideia é que pessoas comuns podem construir, consertar, modificar e fabricar os mais diversos tipos de objetos e projetos com suas próprias mãos.

Seguindo essa tendência, a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) promoveu, em parceria com o Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, a oficina Maker Movement: iniciação na arte do fazer. A atividade foi realizada no sábado, 17 de outubro, às 15 horas e ministrada por Leslie Preddy, presidente da Associação Americana de Bibliotecários Escolares, uma das maiores e mais premiadas especialistas norte-americanas sobre o tema.

Na atividade, ela ensinou técnicas de fotografia como a regra dos terços, perspectiva e enquadramento. Falou também sobre a fotografia e vídeo 3D. Na segunda parte, mostrou como montar um cartão de presente com pequenos leds de luz e uma bateria, daquelas usadas em relógios. Por fim, deu um balão para os presentes e mostrou como colocar um pequeno led dentro deles.

Confira fotos da atividade:

Compartilhe

Deixe um Comentário

dezessete + dezessete =