/ governosp

Bandidos (Eric Hobsbawm)

0

capa_bandidosEm quase todo o mundo há relatos, narrativas orais e escritas, e músicas sobre eles. Encantadores e assustadores, os bandidos são fonte para um forte e contraditório imaginário sobre o poder, a violência e a justiça popular. Os ‘fora da lei’ são a representação de uma recusa individual às forças sociais e à autoridade, mas ainda assim, muitas vezes, encontram na sociedade reconhecimento e proteção. O banditismo é considerado uma das formas mais primitivas de protesto social organizado. Mas ‘de que modo o elemento social do banditismo, que defende os fracos contra os fortes, os pobres contra os ricos, os que buscam justiça contra o governo dos injustos, se enquadra na história política do banditismo, que faz dos bandidos homens poderosos atraídos para o universo do poder?’ Esta é a pergunta central do livro, que procura definir quais fatores políticos, econômicos e sociais favorecem que a existência de alguns ‘fora da lei’ se transforme em movimento e, em certos contextos, em verdadeira endemia. O livro Bandidos é a bibliografia básica, o ponto de partida para aqueles que se interessam por conhecer esse fenômeno a partir de um ponto de vista mais complexo que o nosso senso comum costuma estabelecer.

Compartilhe

Deixe um Comentário

Ouvidoria Transparência SIC
Doe Máscaras